sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Tristeza


Como num dia triste
A gente peca, desfaz promessa
Arranha a aliança e desconversa
O que era forte - mais que a morte
Se desconstrói.

Como manhã chuvosa
Noite escura, céu sem estrela
Riso forçado
A gente esquece o que alegrava o coração

Cristo, meu doce amigo
Sugere a calma
A tolerância, a esperança - força na dor.

Mostra o caminho
Que recupera, que dá alento
Aponta um norte e muda a sorte
Do existir.

Marcadores: ,

2 Comentários:

Blogger Joe Edman disse...

Gostei! É seu?!

7 de dezembro de 2007 18:58  
Blogger Ieda Sampaio disse...

É meu.
Mas é de outra data...
Agora é só felicidade.

9 de dezembro de 2007 11:17  

Postar um comentário

<< Home